Número total de visualizações de página

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

OS 7 ERROS NA COZINHA!

De acordo com Roberto Figueiredo, biomédico (Doutor bactéria)
PRIMEIRO ERRO:
Colocar carnes debaixo da torneira. Primeiro você perde nutrientes. A carne fica esbranquiçada. Segundo, a contaminação que existe vai aumentar, porque aumenta a quantidade de água e as bactérias vão penetrar ainda mais. A única carne que você lava é o peixe e só para tirar escamas e a barrigada.
SEGUNDO ERRO:
Deitar detergente na esponja para lavar louça. O detergente nunca deve ser colocado diretamente na esponja. Vai ser muito difícil enxaguar todo este detergente e o resto do detergente que fica ao juntar-se com os alimentos, podem constituir, no futuro, um problema para a saúde. Para limpar sem exagero, você precisa apenas de (8) oito gotas de detergente numa bacia com 1 litro de água.
TERCEIRO ERRO:
Nunca usar "tábua de cortar carne" de madeira. Na tábua de madeira, as bactérias vivem felizes! Use sempre uma tábua de plástico!
QUARTO ERRO:
Muita gente evita guardar comida quente na geladeira/frigorífico. Isso é um mito! Guarde mesmo quente! O único problema que pode existir é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar a sua geladeira/frigorífico.
QUINTO ERRO:
Mas, nada disso adianta se você guardar na geladeira o recipiente tapado. O ar frio, vai bater na tampa. Vai demorar muito para resfriar. As bactérias vão adorar! Então, coloque tudo destapado! Só 2 horas depois é que você deve fechar.
SEXTO ERRO:
Abrir a lata de leite condensado com dois furinhos minúsculos, um de cada lado. Com este procedimento, sai leite condensado por um lado e pelo outro entra uma chuva de bactérias. Abra a lata inteira! Use um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro e utilize uma colherzinha para servir. Depois tape e guarde na geladeira.
SÉTIMO ERRO:
Ignorar as formigas. Quando se fala em doces, não podemos esquecer as formigas...Você provavelmente não se importaria ao encontrar uma alegre formiga em cima do seu bolo, não é?
Dr. Bactéria: E se fosse uma barata?
Marina Sherb, de 12 anos: Aí eu não como.
Dr. Bactéria: Se a gente pegar uma barata, matar essa barata, deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata?
Marina: Sumiu!
Dr. Bactéria: Quem levou?
Marina: As formigas.
Dr. Bactéria: A mesma que estava em cima do bolo?
Marina: É...formigas bonitinhas, mas ordinárias.
As formigas são consideradas até maiores agentes transmissores de bactérias do que a própria barata! Doce com formiga só pode ter um destino: a lata do lixo!
É verdade que a mairia das donas de casa, conhecem estes procedimentos, mas, nunca é demais lembrar.... "A repetição é a mãe da retenção"...

Sem comentários:

Enviar um comentário