Número total de visualizações de página

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

INTERVENÇÃO PERTINENTE!

O Primeiro ministro Australiano, brilhou novamente!
As vezes como imigrantes nos queixamos da cultura dos países para onde vamos, afinal como é lógico, é muito diferente da nossa e alguns ainda vão aos extremos, como muitos "radicais" que usam até de violência para mudar costumes e leis para que se "adaptem a eles", imigrantes em plenos países onde foram buscar uma melhor qualidade de vida! Não é impressionante? Por isso, recentemente o Primeiro Ministro Australiano, de forma resumida, disse o seguinte:
"Se você quer mudar para outro país e se integrar ali...BEM-VINDO, mas se você quer mudar qualquer coisa naquele país em que deseja viver...TCHAU, VÁ EMBORA, ADEUS!
Imigrantes e não os australianos, tem que se adaptar. Se não aceitarem, vão embora! Estou cansado desta nação que se preocupa sobre se estamos ofendendo algum indivíduo ou a sua cultura.... esta nossa cultura foi desenvolvida através de dois séculos de lutas, experiências e vitórias por milhões de homens e mulheres que buscam a liberdade....
Falamos principalmente o inglês, não espanhol, libanês, árabe, chinês, japonês, russo ou qualquer outro idioma!....e para os imigrantes um recado:
Aceitaremos suas convicções e não questionaremos por quê. Tudo o que pedimos é que você aceite as nossas e que viva em harmonia e de forma pafícifa conosco....
Este é o nosso país, nossa terra e nosso estilo de vida! E nós lhe permitirimos toda a oportunidade para desfrutar de tudo isso. Mas, uma vez que você acabe de reclamar, lamentar e se queixar sobre nossa bandeira, nosso penhor, nossas convicções religiosas e nosso modo de vida, eu recomendo fortemente que você tire proveito de uma outra grande liberdade do australiano, O DIREITO DE IR EMBORA!!! Se você não está contente aqui, PARTA! Não o forçamos a vir aqui. Você pediu para estar aqui. Assim, aceite o país que você aceitou!
Pois é pessoal, como vemos, nem se trata de patriotismo barato, de cultura ou radicalismo...trata-se mesmo de respeito e posso afirmar como imigrante que sou, que muitas vezes, os imigrantes de maneira geral, deixam a desejar neste respeito! Atenção pessoal, isto é mesmo sério!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário