Número total de visualizações de página

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

PASTA DE DENTES NO ANTIGO EGITO....

"Foi descoberto em um porão de um museu vienense, um fragmento de papiro empoeirado contendo a fórmula mais antiga para pasta de dentes, usada mais de 1500 anos antes de a primeira marca, Colgate, ser lançada no mercado em 1873", relatou o Eletronic Telegraph. "Em tinta preta, desbotada, uma mistura de fuligem, goma arábica e água, o escriba egípcio descreve em detalhes o que ele chama de 'pó para dentes brancos e perfeitos'. Ao misturar-se com a saliva, ele se torna uma pasta de dentes pura". Nesse documento do querto século EC, consta também a composição da pasta: sal-gema, hortelã, flor de íris desidratada e grãos de pimenta-do-reino, tudo triturado e misturado. A descoberta causou sensação no Congresso de Odontologia em Viena. "Ninguém no ramo imaginava que existisse uma fórmula de pasta de dentes tão antiga e ao mesmo tempo tão avançada", disse o Dr. Heinz Neuman. Depois de usá-la, ele relatou que a pasta, "limpou os dentes, deixando um frescor na boca". O artigo declarou: "Dentistas descobriram recentemente as propriedades benéficas da íris, que é ótima para combater a gengivite e está sendo comercializada!" (Fonte: Rev. Despertai)

Sem comentários:

Enviar um comentário