Número total de visualizações de página

domingo, 30 de janeiro de 2011

AS 7 MARAVILHAS DE PORTUGAL (ELEITAS) PARTE 3...

Bom dia, Boa tarde, Boa noite...
Olá pessoal...aqui estamos nós em mais uma semana de informações!
Continuando com as sete maravilhas de Portugal, muitos me dizem que sou "maluco" por castelos, mas, o que é que eu posso dizer? Por exemplo, mais uma vez, uma outra maravilha de Portugal eleita é nada mais nada menos que, outro Castelo! Pelos vistos, não sou só eu a apreciá-los...neste caso, vamos conhecer só um pouquinho do Castelo de Óbidos!

O Castelo de Óbidos, localiza-se na Vila de mesmo nome, Freguesia de Santa Maria, Concelho de Óbidos, Distrito de Leiria. Exemplo da fortificação medieval portuguesa, erguido sobre um pequeno monte outrora à beira-mar, domina a planície envolvente e o Rio Arnóia, a Leste. Fruto de diversas intervenções Arquitetônicas ao longo do século, integra o conjunto da vila que preserva as suas características medievais de maneira quase que cenográfica. Classificado como Monumento Nacional em 7 de Julho de 2007, foi então assim eleito como uma das já referidas 7 maravilhas de Portugal.


Falando um poco sobre a história recente, no contexto da Guerra penínsular, a fortificação de Óbidos disparou os primeiros tiros de artilharia na batalha de Roliça (1808), primeira derrota das tropas de Napoleão. Posteriormente registrou-se a adaptação da Torre albarrã a torre do relógio (1842) e a construção da escada exterior de acesso à torre de D. Fernando (1869). A partir de 1932 o conjunto sofreu as primeiras intervenções de consolidação, reconstrução e restauro a cargo de Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais (DGEMN), que se estenderam pelas décadas seguintes até os nossos dias, sendo o espaço do Castelo requalificado como Pousada do Castelo (1948-1950). Uma curiosidade interessante sobre o povo que vive nesta área: Os obidenses, outrora conhecidos como "toupeiros", conforme uma tradição local devem este apelido à construção de uma extensa rede de túneis que, por sob as antigas muralhas, permitiriam o reabastecimento do Castelo sob assédio nos campos envolventes! Como já havia dito, este é só um pequeno resumo da história deste belíssimo Castelo. Para saberem mais pormenores, um site completo, como sempre, é a Wikipédia, onde encontramos muitos outros detalhes. E já ia me esquecendo de dizer, não esqueçam, posso afirmar que VALE MESMO A PENA CONHECER!

2 comentários:

  1. Não só o castelo vale a pena, mas toda a vila, que fica ali cercada pela muralha...
    Muito típica e cheia de charme!;)

    ResponderEliminar
  2. Olá,
    Tem toda razão...obrigado pelo lembrete!
    Cumprimentos....

    ResponderEliminar